O Laboratório de Investigação de Fatores de Estresse (LIFE), Departamento de Bioquímica, Instituto de Química, UFRJ, é especializado no metabolismo e fisiologia da levedura Saccharomyces cerevisiae. Atua nas áreas de Metabolismo e Bioenergética, Biologia Molecular e Radicais Livres. Usa a levedura como modelo de organismo eucarionte para investigar a resposta celular às várias condições de estresse, em especial o estresse oxidativo, que vem sendo relacionado a doenças, como câncer, Doença de Alzheimer e Esclerose Lateral Amiotrófica, e ao processo de envelhecimento. Em nossos estudos são enfatizados os fatores que levam à adaptação das células aos estresses e sua relação com a longevidade celular, visando o direcionamento dos conhecimentos obtidos à área aplicada e à busca de novas tecnologias. 

1/1

NOTÍCIAS / NOVIDADES

​O projeto Envelhecimento e estresse oxidativo como moduladores da proteotoxicidade em doenças neurodegenerativas coordenado pela Professora Elis Eleutherio é contemplado no programa Cientista do Nosso Estado 2018 da FAPERJ.

 

O trabalho “An analysis of bimolecular fluorescently-tagged wild type and mutant Sod1 heterodimers linked to Amyotrophic lateral sclerosis” da pós-doc Aline Brasil, foi um dos 12 selecionados para apresentação oral no Simpósio Jovem Cientista SBBq-Conesul durante a 47a Reunião Anual da SBBq, 2018.

CLIQUE E VEJA COMO FOI O EVENTO

Workshop Protein misfolding:
crossroads between biology, cancer, and Neurodegeneration

RJ, 20 e 21 de maio  de 2019

Thanks for a great #Protein Misfolding 2019! 

Departamento de Bioquímica
Instituto de Química
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Av. Athos da Silveira Ramos, 149

CT - Bl A - sala 547

CEP 21941-909

Rio de Janeiro - RJ

Brazil

IQ_logo v1.jpg
002minerva_color_hor.png